segunda-feira, 12 de abril de 2010

Pura Benção (Trenidade)


Graça e Paz,


Neste último fim de semana fomos marcados por um treinamento que ampliou a nossa visão no que diz respeito a 'unidade' era exatamente o que estavamos precisando como um corpo de Cristo. Hoje em nossa Igreja Batista Getsêmani existem diversos ministérios de dança, intercessão, berçario, infantil, sopão, sétima trombeta, ministério de louvor, no entanto, não havia aparentemente a 'unidade' entre os ministérios e isso trouxe uma grande preocupação onde acordamos para olhar para situação difícil que estavamos passando. O que mais nos marcou nesses três últimos dias foi o que o ministro Gustavo da CIA TRIBUS disse: O problema de vocês não e a 'unidade' o problemas é a falta de relacionamento com intensidade com "Deus". Isso na hora foi um back para todos nós mas aqueles que entenderam a mensagem que foi ministrada para nós identificaram que quando e individual foi prejudicado com Deus, ou seja, a relação homem e Deus, todo o coletivo ministério sofre consequências terríveis, a ponto de acharmos que só porque estamos fazendo a 'obra de Deus' estamos bem como, o que aprendemos é que muita das vezes independente de estarmos evangelizando, cantando, trabalhando arduamente para a 'obra de Deus' esquecemos de amar 'o Dono' da obra que Jesus, Yavé, Yeshua Hama-Schiach, e o Espírito Santo de Deus. Exemplo disso é quando Jesus disse: Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?.E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade. Mateus 7:22-23. Aquilo mexeu conosco trazendo um turbilhão em nossa mente - calma ai, eu não tenho feito todas essas coisas? E então porque eu não posso ser reconhecido no último dia, sabe porque? Pois quando deixamos de Amar o Dono da 'obra', quando perdemos a verdadeira essência, estamos fadados a chegar lá no último dia e ouvirmos Jesus falar isso para nós, uma outra referência que nos ministrada nos dando base para crermos em todas as palavra que ali era proferida, foi quando o Guga da CIA TRIBUS nos pediu pra abrirmos no livro do Apocalipse 2:2-5 Conheço as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua paciência, e que não podes sofrer os maus; e puseste à prova os que dizem ser apóstolos, e o não são, e tu os achaste mentirosos. E sofreste, e tens paciência; e trabalhaste pelo meu nome, e não te cansaste. Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres. Esta passagem fala da Igreja de Éfeso que eles até trabalhavam muito, cumprindo a obra de Deus, mas porém, haviam perdido o primeiro amor, assim como eles, muita das vezes estamos trabalhando sem parar na 'obra de Deus', no entanto, perdemos o primeiro amor, a intimidade, a vontade de orar, de ler a palavra, parar para ouvir somente Deus falar conosco nos chamando de 'Filhinhos', assim que nos encontrávamos. Então chegamos a conclusão de que o problema não era a falta de "unidade entre os ministérios" e sim a falta de amor para com Deus. Aqui finalizamos este post com muita alegria e hoje certos que antes e acima de tudo devemos a amar o nosso Deus, de todo o nosso coração e de toda a nossa alma.


Que Deus nos abençoe,
Ministério de Adoração
Pura Benção.

Um comentário:

Fabiana disse...

Que Deus continue abençoando muito a vida de vcs, aguardem pq as nações tb esperam por vcs. Fiquem na paz.